Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Capitalismo - O seu Espírito - Max Weber ((Parte4)


Principal Obra de Max Weber (PArte 4)

"A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo"

Como se consolidou o Capitalismo Moderno Baseado na Ética Protestante, Segundo Weber?"

Segundo Max weber a ética protestante que formentou e consolidou o capitalismo moderno, não foi o Luteranismo, mas sim o calvinismo - Luteranismo para Max Weber, não se diferenciou muito do catolicismo, que atravancou o capitalismo, mas é no calvinismo onde Weber está baseado.

Como uma visão religiosa por produzir o seu contrário - Como o mundo regido por ascetismo religioso vai consolidar um mundo contrário a esta ordem, um mundo secular? Weber vai responder essa pergunta.

Weber discute - como uma questão permanente religiosa vai produzir temas materiais - seculares?

Características básicas do Calvinismo segundo Weber:



  • valorização do trabalho do homem

  • gastos impróprios, com coisas supérfluas.

Silogismo de Weber com relação à ética Calvinista:


  • Riqueza é fruto do trabalho, se o trabalho é algo divino, logo, aquele homem que após anos de trabalho e que também não gastou o seu dinheiro com coisas supéfluas, com coisas frívolas (isso favoreceu a multiplicação do capital) e este homem enriqueceu, ele é um homem predestinado - e aí surge a doutrina da predestinação segundo Weber, presdestinação que segundo a interpretação de Weber quer dizer que a riqueza material do homem indica que ele é bem-aventurado por Deus, exatamente porque o trabalho é sagrado e o fruto do trabalho é o dinheiro que vai ser também sagrado, porque foi ganho com algo sagrado e que não deve ser gasto em coisas frívolas, fúteis, lógica essa que não é encontrada no catolicismo.

  • A lógica católica é a da desvalorização do trabalho e o dinheiro é visto como coisa errada e imperfeita, Exemplo Adão e Eva;

  • O trabalho é um castigo por causa do pecado, logo o dinheiro é uma maldição, algo menor, exemplo disso é que durante muitos séculos a atividade comercial foi vista como uma coisa menor e isto desde a antiguidade, e foi praticada por judeus e não por cristãos, um dos fatores pelos quais os judeus foram marginalizados e tão perseguidos na idade média, mas isto vai se inverter com o ascetismo religioso protestante calvinista, que valoriza o trabalho, colocando o seguinte: não gaste o seu dinehiro atoa, pois é ganho com algo sagrado que é o trabalho - favorecendo o acumulo de capital - a racionalidade aplicada ao trabalho e esse trabalho valorizado favoreceu a acumulação de capital, Exemplo maior é a sociedade norte americana que é a maior potência capitalista até os dias atuais e em sua maioria é protestante de origem puritana (calvinistas Ingleses)

Capitalismo - A Racionalidade Segundo Max Weber

A Racionalidade Segundo Max Weber (Parte 3)

Conceito de Racionalidade Ocidental.

Racionalidade nos lembra razão e razão é justamente a capacidade de entendimento das coisas - para Weber, entretanto, racionalidade vai além da compreenção das coisas, é mais do que uma maneira de você ver as coisas, é uma visão de mundo.

O mundo Ocidental tem uma peculiaridade, na sua visão de mundo, a racionalidade se diferencia dos orientais. Para Weber a racionalidade Ocidental, motivou a fundamentação da ordem capitalista de alguma forma.

Mais que visão de mundo é essa, que nos diferencia e que formatou a ordem capitalista?

A racionalidade Ocidental vista por Max Weber tem como característica básica a Dominação do Mundo.

Como isso Funciona?

Ela pode ser entendida sob 3 perspectivas do indivíduo, o indivíduo pode ser entendido sobre 3 perspectiva:
  • Perspectiva Interna. Eu comigo mesmo
  • Perspectiva Externa. Eu com aquele, ou aquilo
  • Perspectiva Social. Eu com os outros

Como Esta Racionalidade Funciona?

  • Externa. Entende que a natureza deve nos servir, devemos atuar sobre ela para as satisfazer as nossas necessidades. O outro é um competidor, um adversário.
  • Interna. Mostra o "Eu" em busca de algo e este algo é o lucro.

Racionalidade Ocidental.

Ela tem uma lógica, não de fugir, de se esconder, mas de dominar a natureza sempre.

  • Dominar a natureza no âmbito externo;
  • Competir com o outro no âmbito social
  • Buscar o lucro, trabalhar em termos de meios e fins na subjetividade no âmbito do Eu.

Estes elementos são fundamentais em termos de construção e da cosmovisão do capitalismo e de idéias em termos culturais.

Capitalismo na Visão de Max Weber

Capitalismo - Na visão de Max Weber (Parte 2).
  • Foi um dos maiores pensadores que as ciências humanas e sociais já teve
  • Viveu de 1864 a 1920 - alemanha
  • Sociólogo, economista, historiador
  • Relacionado a criação das ciências sociais junto com Emilie Durkheim
  • Sua esposa era historiadora
  • Ao analizar a sociedade fez uma leitura do capitalismo
  • Fez a primeira e importante releitura de Karl Marx e fez esta análise das obras de Karl Marx exatamente porque este foi um grande estudioso do capitalismo.
  • Segundo Weber o capitalismo se apresenta em diversas épocas da história e é exatemente aí que vai se contrapor a Karl Marx.

Karla Marx vai dizer que o capitalismo acontece somente num período, Weber, ao contrário vai dizer que o capitalismo moderno é aquele que realmente funciona a todo vapor, as outras formas, são formas primitivas de capitalismo e esse capitalismo moderno teve origem no processo de industrialização do século XVIII.


Segundo Weber o capitalismo teve manifestações em várias épocas históricas, como por exemplo na antiguidade - Na Roma Antiga - vê o Estado romano como uma empresa capitalista, porque todas as atividades econômicas passavam pela ação do Estado Romano.


O Estado Romano, organiza a produçao, ele não é só uma entidade poilítica, mas também uma entidade econômica e o Estado romano faz isso de uma maneira racional e racionalidade para Weber é uma palavra fundamental para a compreenção do capitalismo.


Para Weber as diversas fases do capitalismo, anterior ao século XIX, são fases iniciais, para Weber o capitalismo puro, real, é o capitalismo moderno, da segunda metade do século XIX.


Quais são os elementos para se dizer que realmente uma sociedade é capitalista, segundo Weber? Podemos ter essa resposta quando analisamos a sua obra "A gênesis do capitalismo moderno" vejamos:


1. Propriedade Privada


A Apropriação de todos os meios materiais de produção: terra, aparelho, máquinas e ferramentas, tem que haver propriedade;


2. Liberdade de Mercado

  • Se fazer comércio sem restrições


3. Técnica Racional

  • Você calcular as coisas, prever as coisas, racionalizar toda a produção

4. Direito Racional

  • Tem que haver instituições jurídicas, funcionando de maneira racional para que as coisas possam acontecer;

5. Trabalho Livre

  • Trabalho assalariado e obviamente uma massa de trabalahadores que estejam dispostos a venderem sua força de trabalho

6. Comercialização da Economia

  • Formar uma espécie de sistema financeiro, ex. colocar títulos numa bolsa valores.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Uma visão Panorâmica sobre o Capitalismo (Parte1)

Capitalismo o que significa?
É o que queremos de forma breve comentar nesta nova postagem. Capitalismo deriva-se de uma palavra que é simples e fácil de reconhecer, Capital.
Capital é dinheiro acumulado, não no sentido de entesouramento, mas é a multiplicação continuada, gerando uma coisa que é essencial no capitalismo, "lucro".
Capitalismo é quando sistematicamente, estruturalmente, toda a sociedade é regrada por essa máxima que é a busca incessante da multiplicação do capital, ganhar sempre mais, dinheiro multiplicado é lucro. Em suma, essencialmente, capitalismo é um sistema econômico, social - é uma forma da sociedade se organizar, é uma estrutura, no sentido marxista da palavra, que vai organizar toda a vida de uma sociedade e no seio dela está a busca incessante pela multiplicação do capital - dinheiro produzindo dinheiro que é o lucro , que é a base de todo o sistema capitalista.
Manifestações do Capitalismo:
  • consumo
  • consumismo
  • industrialização
  • globalização
  • salário, assalariado
  • merccado global
  • emprego
  • trabalho assalariado
  • mercado
  • sistema financeiro.

Tudo isso são engrenagens de uma sociedade que tem por objetivo a busca pela multiplicação do capital.

Capitalismo é sempre ter mais e mais, essa é a máxima do capitalismo.

  • será que todos tem esse algo mais?
  • quantos conseguem lucrar com esse sistema?
  • tem alguém que nesta sociedade que perde com esse sistema?
  • existe alternativa para esse sistema?
  • quantos são prejudicados com esse sistema?
  • como esse sistema foi construído?

Essas são perguntas para nossa reflexão.

Capitalismo: Sistema econõmico social- uma estrutura que tem como fundamento a busca pelo lucro.

O lucro = dinheiro e riqueza em movimento, gerando mais dinheiro e mais riqueza = capital.