Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Diferença Entre Ética, Moral e Moralismo


Pela sua etimologia, Ética e Moral têm sentido semelhante. Estão ligadas aos hábitos, aos costumes. Ocorre, porém, que na Filosofia, há uma diferença fundamental entre esses conceitos. É muito comum, no cotidiano, as pessoas dizerem assim "isso é falta de moral, de ética" ou ainda, "nossos alunos não têm educação, não tem moral, falta ética para eles" Mas afinal, que diferença é essa?
  A Ética consiste na reflezão acerca dos valores. Ela faz a reflexão sobre os fundamentos da vida moral. É também conhecida da Filosofia como "filosofia moral". A função de um filósofo que se dedica ao estudo da Ética é discutir se os valores morais de uma determinada época são éticos ou não. Você pode estar-se perguntando: qual o critério para sabaer se um valor é ético ou não? Tenha um pouco de paciência  que, mais embaixo, voltaremos a essa questão. Passamos agora a definir o que é a Moral.
   Por Moral, entendemos a prática dos valoes, ou seja, conjunto de regras ou normas de conduta próprias de uma dada sociedade. Conhecer como uma pessoa comporta-se frente às coisas é conhecer a sua formação moral. Em nossa filosofia de vida, a moral está presente. Um ator social destituído de qualquer padrão moral não existe. É ela que possibilita a sociabilidade das pessoas. No entanto, nossa moral pode ser ética ou não. Como saber?
   A máxima da qual devemos partir para saber se nossa ação é ética ou não é se ela produz a vida. Por isso, o pressuposto fundamental para sabermos se nossa moral é ética é considerarmos se esses valores, que fazem parte do meu fundamento moral, promovem a vida.
   Jesus disse algo que pode nos ajudar na nossa reflexão: "Eu vim para que tenham vida e vida com abundância", para nossa hermenêutica, corresponde ao máximo da qualidade de vida.
   Outro argumento está no Antigo Testamento: "Não matarás". Indicando que ser ético em meu cotidiano é procurar promover toda forma de vida. Para Enrique Dussel, "a vida humana é o conteúdo da ética". Para nós, qualquer forma de vida constitui-se no conteúdo da ética. E por quê? Porque hoje, mais do que nunca, damo-nos conta de que existe uma interdependência entre as diversas formas de vida. Um exemplo disso é a luta pela preservação dos ecossistemas.
   Cabe ainda, ressaltar que, historicamente, sempre nos opusemos a qualquer forma de violência. Ora, na violência, está implícita a noção de morte. O que significa a negação da vida. Dai, dizer que "o pressuposto de uma ação moral ética é a preservação da vida" faz sentido.
   O Moralismo corresponde à tentativa de imposição de nossos valores sobre os dos demais membros do grupo. Tornamo-nos moralistas quando consideramos nossos valores como universais e passamos a julgar os outros a partir desses valores dogmatizados.

Um comentário:

  1. Paz do Senhor, Dirley.

    Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus continue lhe abençoando poderosamente.

    Estou seguindo o vosso blog.

    Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

    http://www.alexandrepitante.blogspot.com/

    Siga-nos também.

    Fica com Deus.
    Abraço em Cristo, Alexandre Pitante.

    ResponderExcluir